Mensagem do Presidente da FPAJU, para ao falecido Mestre ALFREDO COIMBRA

O Conde Koma Judô Clube é resultado da primeira academia, fundada por quem a nomeia, mas primeiramente sediada no Clube Remo, com o tempo passou a ter outros senseis e outras sedes. Hoje seu dojô está em uma academia de musculação e boxe, a Van Damme, localizado no bairro da Pedreira, na cidade de Belém, estado do Pará.

Há mais ou menos à 57 anos começava a treinar luta livre com o nosso queridíssimo Alfredo Coimbra e posso lhes dizer de suas dificuldades para realizar o seu sonho a maioria dos que treinavam mal tinham condição de pagar o transporte para chegar ao treino no local onde funcionava  os Bombeiros, o dia que conseguiu comprar uma lona para cobrir o dojô era motivo de festa,  pois na época não se tinha muito recursos. Este sim absorveu a filosófica arte marcial do caminho suave.

Alfredo Coimbra, 6º Dan, do judô de Kodokan, é a representação da história e um grande ícone do judô brasileiro. É um dos poucos remanescentes da linhagem de Conde Koma no Brasil: seu professor, Sebastião Hoyos (um filho de imigrantes italianos), foi da primeira geração de faixas-pretas formado por Mitsuyo Maeda. Ele competiu durante muito anos no judô em desafios de luta livre. O resultado foram fortes dores de cabeça, dificuldade de movimentos e a fuga da memória. Mas me lembro bem que ele é bom de papo. Contava muitas histórias dos tempos que o dojô era formado por uma grande área de serragem coberta por lona e não esconde o afastamento dos tatames com certo desgosto e falta de reconhecimento. Ainda sonha ver  a Conde Koma Judô Clube de volta em uma sede melhor.

Verdade! Só quem viveu esses tempos sabe o quanto era difícil.
Tempos de Homens Guerreiros e determinados.
Uma lição de vida aos que praticam Artes Marciais nos dias de hoje.
Venceu com humildade e simplicidade as dificuldades, agregando ao seu redor uma grande quantidade de atletas de todas as camadas sociais, mas com capacidade, com autoridade, disciplina demonstração de conhecimentos unia e se fazia respeitar e respeitarem igualmente sem distinção de classes sociais.
Assim com sua vida dedicada as lutas de Artes Marciais, deixa um legado exemplar à todos com humildade, determinação, honradez, respeito, e com amor podemos transformar, formar, preparar, uma geração de bons cidadãos para uma nação melhor.
Parabéns Mestre ALFREDO COIMBRA, por ter inscrito seu Nome no Panteão dos Grandes Mestres de todas as Artes Marciais no Pará e do Brasil.
Que tua Alma, teu Espírito seja recebido com Louvores e Harpas no Reino Celestial, Que Deus o receba de braços aberto, por isso e muito mais,  o Judô perde um Grade mestre, mas que deixa um grande legado.

Conforto a todos os amigos e  familiares do Mestre Coimbra!

🙏🙌🥋👏👏👏👏👏

Deixe um comentário